Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




TUG e Acessibilidades

por José Henrique Cunha, em 05.03.10

Transportes Urbanos de Guimarães (TUG)

 
Afinal o que não era possível há uns meses pelos vistos agora é.
António Magalhães, quando confrontado com queixas sobre a deficiente abrangência dos TUG, várias vezes se desculpou com o facto da CMG ter um vínculo contratual que não deveria interromper. Há cerca de um mês, o próprio, em reunião de Câmara, anunciou a denúncia desse mesmo contrato para renegociação. Pelos vistos, outros valores se levantaram, é preciso modernizar e melhorar o serviço público que os TUG presta. Se não fosse a CEC 2012 provavelmente a urgência em rever condições não existiria.
 
Como já referi neste blogue, “um serviço público, como é o caso dos TUG, tem o dever de assistir os cidadãos que pagam impostos, servir todos os que precisam de transporte e não apenas alguns. Não se percebe como Caldas das Taipas, um dos maiores e importante centros urbanos do concelho, e agora com o Avepark, não é contemplado com este transporte colectivo público. Não se trata de servir unicamente a Vila pois esta medida teria efeitos muito positivos na população que gravita em seu redor”.
 
Espero que esta renegociação seja profunda e reponha a justiça ao cobrir de forma efectiva e com horários apropriados às necessidades dos residentes a norte do rio Ave.
 
Ligação viária entre Guimarães e Caldas das Taipas
 
Não sou defensor da abertura de um nó na auto-estrada A11 de acesso à vila de Caldas das Taipas.
Primeiro porque esse nó, conforme esteve projectado, seria em Brito e portanto não serviria os interesses da vila, e segundo porque com a actual implantação do troço da auto-estrada não há objectivamente condições para se aproximar suficientemente um nó de ligação à vila.
A prioridade deveria passar por criar condições suficientes a uma fluidez rápida na N101 com uma ligação directa à entrada da A11 em Silvares.
Não vejo necessidade da construção de uma nova via, chamada rápida, entre a sede de concelho e a nossa vila.
A repavimentação, alargamento e construção de túneis nos pontos negros da actual N101, são eles S. João de Ponte e Fermentões, resolveriam a fluidez de trânsito.
 
 
O que se pode dizer pode ser dito claramente; e aquilo de que não se pode falar tem de ficar no silêncio
Fonte: "Tratado Lógico-Filosófico" - Ludwig Wittgenstein

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



José Henrique Cunha

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Março 2010

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031



Links

CEC 2012

Informação