Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Esta Polícia Municipal serve-nos?

por José Henrique Cunha, em 14.11.08

É suposto a Polícia Municipal de Guimarães exercer as suas competências no espaço territorial do município, num conjunto de 69 freguesias. A Polícia Municipal é um serviço vocacionado para o exercício de funções de polícia administrativa cabendo-lhe fiscalizar o cumprimento das normas regulamentares municipais ou de âmbito nacional que devam ser cumpridas pelos municípios e ainda a aplicação das decisões das autoridades municipais. Esta força policial tem o dever de cooperar na manutenção da tranquilidade pública e na protecção das comunidades locais, em articulação com outras forças de segurança.

 

No caso da PM de Guimarães, dado o reduzido número de agentes face ao numero de eleitores inscritos no concelho, compreende-se que concentre a sua actividade nos centros urbanos com maior concentração e trafego populacional. Na sede de concelho efectivamente a Polícia Municipal está presente e dinâmica, muito particularmente na fiscalização dos paquímetros e estacionamento.

 

E em Caldas das Taipas?

Não há paquímetros mas há muita desordem no estacionamento, muitas normas regulamentares municipais não cumpridas e também é um centro com grande concentração e trafego populacional.

Não pode esta polícia limitar-se a passear de quando em vez, dentro do automóvel, pelas ruas da vila. Porque não patrulha a pé, de uma forma sistemática, não digo diária, mas aleatoriamente duas a três vezes por semana as principais artérias da vila?

 

A Câmara Municipal de Guimarães deveria promover, através dos seus serviços, um inquérito junto dos taipenses e comerciantes da vila inquirindo-os sobre a qualidade dos serviços prestados pela Polícia Municipal de Guimarães, bem como inteirar-se de quais as suas necessidades desta polícia e saber qual o conhecimento que estes têm relativamente à Polícia Municipal.

 

Esta representa mais uma pequena medida, ou se quiser uma intervençãozinha, com grande impacto na satisfação e aproximação dos munícipes.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



José Henrique Cunha

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30



Links

CEC 2012

Informação