Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




19 anos de governação socialista

por José Henrique Cunha, em 30.10.08
Retrospectiva de 19 anos de governação socialista na Câmara Municipal de Guimarães com 16 em simultâneo na Junta de Freguesia e 12 dos quais com maioria absoluta em ambos os casos.
 
Permitiu-se construção sem qualquer tipo de qualidade (Quinta da Botica, prédios junto às Termas, Hotel das Termas, Alameda Rosas Guimarães – Avenida do parque);
Licenciou-se construção com volumetria excessiva e até abusiva (Rua 19 de Junho e na margem do rio);
Não foram acautelados espaços verdes nem criação de equipamentos de lazer em zonas de novas construções;
Permitiu-se a ampliação do Intermaché num espaço exíguo, junto a uma escola primária criando problemas no transito;
Ainda nesta zona, rua Bento Salgado Barreto, deixou-se construir um novo prédio, num quadrado de terreno vilipendiando os habitantes do prédio já existente há mais de 20 anos;
Aniquilaram o parque campismo com a ausência de uma política de investimento no turismo e lazer em Caldas das Taipas;
Desbarataram a qualidade das piscinas. Notoriamente subaproveitadas tendo em conta a sua localização de excelência – junto ao parque de lazer, parque de campismo e zona de restauração;
A qualidade do parque e sua avenida é decrépita, com pouco cuidado e qualidade nos jardins e infra-estruturas de lazer. Como se isto não bastasse permitiram ainda a construção de prédios em plena avenida do parque!;
Permitiu-se aquela aberração de cobertura no rinque do parque;
Construi-se aquela ponte metálica no parque das Taipas;
Tiraram uma bomba de gasolina do centro (antiga Shell) para colocar outra a poucos metros (actual BP), onde existia um prédio histórico por onde passaram os Bombeiros Voluntários das Taipas e Guarda Nacional Republicana;
Voltaram a permitir a instalação de uma nova bomba de gasolina numa zona habitacional e “em cima” de uma rotunda. Estou-me a referir à GALP;
Continuamos sem vias de acesso rápido e adequadas para chegarmos a Guimarães;
A política de mobilidade dos munícipes, nomeadamente transportes públicos da vila para a cidade, através dos Transportes Urbanos de Guimarães é desastrosa, inexistente;
A Intervenção urbanística no centro da vila continua eternamente adiada (a ultima ocorreu em 1993, orçada em 100.000 Euros e cingiu-se ao arranjo de passeios);
Proliferam prédio devolutos no centro da vila, à mais de uma década, sem que seja tomada uma posição de autoridade.
 
Obras executadas? Todos as conhecemos tantas as vezes que foram anunciadas ao longo de 16 anos. É muito pouco, muito pouco mesmo.
Proclama-se Caldas das Taipas como um dos principais pólos urbanos do concelho, contudo, esta política errática e por vezes ausente em várias áreas nevrálgicas para um desenvolvimento sustentado como é o urbanismo, ambiente, turismo, cultura, serviço público, acção social, mobilidade e transportes, vai em sentido oposto adiando eternamente essa condição.
 
Valha-nos a aposta no Avepark. Acredito naquela infra-estrutura mas os resultados serão sentidos, na sua plenitude e desde que não se façam asneiras nem cometam atropelos, daqui a uma década. Tempo que Caldas das Taipas não pode esperar.
 
Dirão que os resultados eleitorais obtidos nestes anos pelo Partido Socialista de Guimarães falam por si. Direi que a sociedade civil demora tempo a assimilar estes erros de governação. Não quero com isto dizer que a população não entende estes problemas, somente, a azáfama diária aliado a algum desinteresse vai nos distraindo.
 
Não tenho por certo que com outros intervenientes, nomeadamente o Partido Social Democrata, as coisas seriam diferentes, tenho aliás muitas dúvidas.

Trata-se de seguir uma nova cultura política no nosso concelho: melhores freguesias, melhor concelho. Descentralizar com responsabilidade e promover o debate colectivo para que os munícipes se sintam efectivamente integrados no concelho.

Autoria e outros dados (tags, etc)



José Henrique Cunha

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Outubro 2008

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031



Links

CEC 2012

Informação