Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Inundação nos Banhos Velhos

por José Henrique Cunha, em 07.10.10

Os decisores políticos decidem, os gestores da coisa pública gerem e os técnicos estudam e executam as decisões tomadas pelo cume da pirâmide.


Vem isto a propósito da conspurcação que por aí anda em alguma opinião pública, com objectivo claro e selectivo de atingir pessoas e instituições na sua competência e seriedade.


Os decisores políticos, Câmara Municipal de Guimarães, de acordo e em sintonia com os gestores da coisa pública, Taipas Turitermas, decidiram, e muito bem, recuperar os Banhos Velhos dando-lhe uma utilidade turística e cultural.
Os técnicos, que são eles os arquitectos, engenheiros civis e empreiteiros, estudaram a ideia, projectaram, fizeram o seu preço e por fim recuperaram o edifico e zona envolvente.

 

Se bem me lembro, no dia da apresentação do projecto no átrio do edifício central da Taipas Turitermas, a dra. Lourdes Pinto Lisboa perguntou ao trio de arquitectos responsáveis pelo projecto de requalificação se a questão da drenagem de águas estava pensada e salvaguardada. Os arquitectos não tiveram reservas e explicaram que essa preocupação estaria acautelada com a construção de uma boa drenagem.


De duas, uma, ou o temporal foi de tal ordem que não haveria drenagem que evitasse as inundações verificadas, ou alguém não estudou / executou bem o tema da drenagem de águas. A questão de inundações naquela zona é um dado histórico, anualmente comprovado,  e portanto de forma alguma negligenciável pelos entendidos.


Quem paga tem o direito a perguntar, exigir, e até, se for caso disso, reclamar. Ora neste caso a obra até foi bem paga, cerca de 165.000 Euros entre projectos e custo da obra.


O que se exige dos gestores da coisa pública é que promovam uma averiguação exaustiva do que efectivamente aconteceu e apurar responsabilidades caso elas existam.
E já agora, dado que o marketing e a comunicação institucional têm sido muito explorado, e bem, por esta nova direcção para a promoção de projectos, obras e eventos, porque não também utilizar estes meios para explicar aos demais interessados as diligências tomadas?

Autoria e outros dados (tags, etc)



José Henrique Cunha

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Outubro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31



Links

CEC 2012

Informação